Carregando... Aguarde...

Newsletter


ÓLEO DE CÔCO queima gordura e reduz circunferência abdominal

Postada em 19th Feb 2012 @ 1:20 PM

 

Dieta  |  03/11/2011 09h33min

Óleo de coco queima gordura e reduz circunferência abdominal

Substância também combate radicais livres e retarda envelhecimento

 

Apesar de ser abundante e conhecido no país, poucas pessoas sabem que o coco pode trazer diversos benefícios para a saúde. Além da água de coco e da polpa da fruta, dele também se extrai o óleo, que é rico em antioxidantes. Segundo a coordenadora do departamento de nutrição da Rede Mundo Verde, Flávia Morais, o óleo de coco tem importante papel no combate aos radicais livres e por isso retarda o envelhecimento, previne doenças como o câncer e reduz as taxas de colesterol sanguíneo.

Além destes antioxidantes, o óleo de coco é fonte de triglicerídeos de cadeia média, um tipo de gordura que é rapidamente absorvida e transportada para o fígado, onde é transformada em energia, que aumenta a termogênese e o gasto energético do organismo. Além disso, a substância também provoca a saciedade.

Por estas razões, de acordo com Flávia, estudos recentes mostram que o uso do óleo de coco é capaz de reduzir o índice de massa corporal (IMC), bem como a circunferência abdominal.

— É uma ótima e saudável opção para quem quer emagrecer — explica Flávia.

Poucas pessoas sabem que o coco pode trazer diversos benefícios para a saúde
Foto:  Divulgação  /  stock.xchng

Saúde e beleza

O óleo de coco é também rico em ácido láurico, um tipo de gordura de ação antibacteriana, antifúngica, antiviral e antiprotozoária, sendo demonstrado em diversas pesquisas suas ações em casos como candidíase e gastrite bacteriana (Helicobacter pylori).

Além de sua ingestão ser benéfica ao organismo, o óleo de coco também pode ser utilizado com finalidades cosméticas. Seu uso na pele atua como hidratante, promove melhora da elasticidade e confere uma aparência mais jovem e sadia. Seu uso também é indicado para prevenção de estrias que ocorrem por conta da gestação.

Como consumir

Conforme a nutricionista, o óleo de coco é um alimento com baixo potencial alergênico e, de uma maneira geral, não possui contraindicações se consumido em uma quantidade moderada de 2 a 3 colheres de sopa por dia. O ideal é que se inicie com uma pequena quantidade (equivalente a meia colher de sopa) e se aumente o consumo gradualmente, já que o consumo excessivo pode levar a diarreia.

Para a preservação de seus antioxidantes, recomenda-se que o óleo seja utilizado em preparações frias, como saladas, sucos, shakes e na finalização de pratos quentes.

Substância também combate radicais livres e retarda envelhecimento

 

Apesar de ser abundante e conhecido no país, poucas pessoas sabem que o coco pode trazer diversos benefícios para a saúde. Além da água de coco e da polpa da fruta, dele também se extrai o óleo, que é rico em antioxidantes. Segundo a coordenadora do departamento de nutrição da Rede Mundo Verde, Flávia Morais, o óleo de coco tem importante papel no combate aos radicais livres e por isso retarda o envelhecimento, previne doenças como o câncer e reduz as taxas de colesterol sanguíneo.

Além destes antioxidantes, o óleo de coco é fonte de triglicerídeos de cadeia média, um tipo de gordura que é rapidamente absorvida e transportada para o fígado, onde é transformada em energia, que aumenta a termogênese e o gasto energético do organismo. Além disso, a substância também provoca a saciedade.

Por estas razões, de acordo com Flávia, estudos recentes mostram que o uso do óleo de coco é capaz de reduzir o índice de massa corporal (IMC), bem como a circunferência abdominal.

— É uma ótima e saudável opção para quem quer emagrecer — explica Flávia.

Saúde e beleza

O óleo de coco é também rico em ácido láurico, um tipo de gordura de ação antibacteriana, antifúngica, antiviral e antiprotozoária, sendo demonstrado em diversas pesquisas suas ações em casos como candidíase e gastrite bacteriana (Helicobacter pylori).

Além de sua ingestão ser benéfica ao organismo, o óleo de coco também pode ser utilizado com finalidades cosméticas. Seu uso na pele atua como hidratante, promove melhora da elasticidade e confere uma aparência mais jovem e sadia. Seu uso também é indicado para prevenção de estrias que ocorrem por conta da gestação.

Como consumir

Conforme a nutricionista, o óleo de coco é um alimento com baixo potencial alergênico e, de uma maneira geral, não possui contraindicações se consumido em uma quantidade moderada de 2 a 3 colheres de sopa por dia. O ideal é que se inicie com uma pequena quantidade (equivalente a meia colher de sopa) e se aumente o consumo gradualmente, já que o consumo excessivo pode levar a diarreia.

Para a preservação de seus antioxidantes, recomenda-se que o óleo seja utilizado em preparações frias, como saladas, sucos, shakes e na finalização de pratos quentes.

 

 

fonte e créditos: http://www.clicrbs.com.br/especial/rs/almanaque/19,812,3549153,Oleo-de-coco-queima-gordura-e-reduz-circunferencia-abdominal.html