Carregando... Aguarde...

Newsletter


Turbine a dieta com óleo de coco e semente de chia

Postada em 28th Feb 2012 @ 2:50 PM

22/02/2012

Foto: Agência Londrix
Rica em fibras, semente de chia aumenta a sensação de saciedade

O óleo de coco e a semente de chia são os ingredientes da moda quando o assunto é turbinar a dieta. Recentemente, pesquisadores da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, adicionaram o óleo de coco virgem a bolinhos, consumidos por voluntários. O estudo mostrou que aqueles que ingeriram os bolinhos emagreceram além do esperado. Na região do abdômen, a perda de centímetros foi sete vezes maior, quando comparada ao grupo que não incluiu o óleo de coco na rotina alimentar.  Já a semente de chia, proveniente do sul do México, é rica em fibras solúveis e insolúveis, e é recomendada para quem quer perder peso devido a sensação de saciedade. Segundo a nutricionista Elaine Cristina de Melo, a gordura de coco é capaz de gerar calor e queimar calorias, favorecendo a perda de peso.  A profissional acrescenta que esta gordura do bem também é antioxidante, desacelerando o processo de envelhecimento, possui ação anti-inflamatória, controla o nível de triglicérides e o mau colesterol (LDL).  - O óleo de coco virgem também é um alimento funcional, já que melhora a absorção dos nutrientes, elevando todas as defesas do organismo - argumenta Elaine.  De acordo com a nutricionista, a preferência é pelo consumo do óleo de coco virgem orgânico, já que o refinado possui químicos e agrotóxicos prejudiciais à saúde,  além de ser hidrogenado, contendo as temidas gorduras trans. - O óleo pode ser consumido in natura, ou misturado a sucos, shakes, vitaminas, como tempero de salada, substituindo qualquer outro óleo na culinária. Outra opção são as cápsulas. O recomendado para quem quer emagrecer é ingerir duas cápsulas por dia ou uma colher de sopa de óleo de coco, uma pela manhã e outra no final da tarde.

Semente poderosa

A chia é uma semente rica em fibras solúveis e insolúveis. - A principal vantagem da semente de chia está em sua capacidade de “inchar” quando em contato com a água, formando uma espécie de gelatina que auxilia o bom funcionamento do intestino, ajudando em sua regulação, e potencializa a absorção de nutrientes pelo organismo. Outro diferencial da semente é que ela ajuda a aumentar a sensação de saciedade durante as refeições e faz com que quem a consome demore mais tempo para ficar com fome novamente - explica a nutricionista e docente da Unifil Dâmaris Cortez.A profissional acrescenta que este alimento é excelente fonte de ômega 3, que ajuda a regular os níveis de colesterol ruim e triglicerídeos no sangue, cálcio, ferro e magnésio e ainda auxilia no funcionamento do cérebro,  já que age nas área do humor, concentração e no combate ao estresse. Dâmaris orienta que a semente pode ser adicionada a iogurtes, sucos, vitaminas, saladas e sopas. - A ingestão da chia deve ser controlada em pacientes com diarreia crônica, inapetência alimentar e idosos que diminuem o apetite ou com desnutrição, pois ela causa saciedade precoce - adverte a nutricionista.

Apesar de aumentar a queima de calorias, as profissionais ponderam que estes alimentos não são milagrosos e devem ser utilizados como aliados no processo de emagrecimento. “Nenhum ingrediente é milagroso. A melhor maneira de perder peso é aliar uma alimentação saudável com a prática de exercícios físicos”, ressalta Dâmaris.

Serviço

Dâmaris Cortez - nutricionista e docente da Unifil

Nutrição Clinica
Personal Diet

Elaine Cristina de Melo - nutricionista

Clínica Corpo e Nutrição - Rua Senador Souza Naves, 441. Sala 94.

Texto: Caroline Vicentini - Londrix Comunicação

fonte e créditos: http://www.planetasercomtel.com.br/para-voce/119003/turbine-a-dieta-com-oleo-de-coco-e-semente-de-chia.html