Carregando... Aguarde...

Newsletter


COMO ADOTAR UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL INCLUINDO OS SUPLEMENTOS ALIMENTARES À SUA DIETA

Postada em 22nd Nov 2012 @ 10:53 AM

COMO ADOTAR UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL INCLUINDO OS SUPLEMENTOS ALIMENTARES À SUA DIETA

 

Complementar a dieta da criança com suplemento alimentar?

Dieta balanceada com o suplemento alimentar

Olá amiga(os), estive na ultima semana no laboratório Abbott(produzem o Pediasure), para conferir os lançamentos e como devemos nos relacionar com esse tipo de produto. Afinal, bem pouco se fala a respeito, talvez por até termos(nós mães) um pouco de culpa, por acharmos que estamos optando pelo caminho mais fácil, a fazer a criança comer alimentos saudáveis in natura.

 

Não é de hoje que mães de todas as partes do mundo travam uma verdadeira batalha quando o assunto é a alimentação dos filhos. Umas porque acham que a criança come pouco, outras por acharem que seu filho só aceita comer besteiras(doces, chocolates, frituras, outros), enfim, existem os mais variados casos.

A questão é que cada individuo tem seu metabolismo e porisso, há necessidades diferenciadas de quantidade de alimentos. Muitas vezes( não sempre), as preferências dos filhos estão relacionadas aos hábitos dos pais.

A verdade é que o ritmo de vida da sociedade moderna é motivo para o consumo de alimentos pouco saudáveis, com muitas calorias, gorduras saturadas, açúcares etc. Essa dieta inadequada leva à carência de nutrientes importantes para o organismo, o que tem feito aumentar a adesão pelas diversas formas de suplementos.

Ter uma dieta balanceada, rica em vitaminas e sais minerais é imprescindível para o bom funcionamento e equilíbrio das atividades vitais do corpo e para a manutenção da beleza da pele, cabelo, unhas etc, principalmente na época em que as crianças estão em fase de crescimento. Influi na concentração e capacidade de aprendizado da criança.

Contudo, essa rotina saudável é privilégio de poucos, uma vez que a grande maioria dos brasileiros está sempre com pressa para seus compromissos diários e, portanto, não tem tempo para a alimentação correta.

Dados de pesquisas feitas pelo IBGE, inclusive, apontam que 98% da população brasileira não ingerem a quantidade ideal de vitaminas por dia. Por esse motivo, os suplementos alimentares têm conquistado mais e mais espaço na vida da população, o que confirma a Associação Brasileira de Empresas de Produtos Nutricionais (ABENUTRI), que diz que o setor tem crescido consideravelmente a cada ano.

Karina Ruiz, Farmacêutica Especialista em Nutracêuticos e Nutricosméticos ainda lembra que, com os métodos de agricultura intensiva, a depleção de minerais e das vitaminas dos alimentos tem ocorrido cada vez mais nos alimentos.

Deste modo, a suplementação pode ser uma alternativa para suprir parte dessa carência, até mesmo em razão da maior necessidade de nutrientes que o organismo requer ao passar dos anos. “Ao longo do tempo, quando começamos a envelhecer, além de outros fatores, absorvemos naturalmente menos nutrientes no sangue gerando, consequentemente, maior necessidade de suplementação”, explica.

Atualmente, é possível obter os suplementos nas formas de cápsulas, shakes, sopas, gomas, chocolates terapêuticos e até em chicletes. As farmácias de manipulação têm criado novas formulações, com características inovadoras, cujo objetivo é estimular o consumo dos nutrientes de forma agradável e fácil e, deste modo, promover mais saúde e equilíbrio à população. “Os suplementos, portanto, são importantes, pois evitam a deficiência e o excesso de nutrientes.

Mas é sempre bom lembrar que a quantidade e a variedade de suplementos alimentares devem ser indicadas por um profissional”, completa a especialista.

Veja alguns dos suplementos imprescindíveis para a saúde

Vitamina C – Além da clássica ação imunoestimulante, que protege contra gripes e resfriados, estudos recentes têm demonstrado seus efeitos protetores contra o envelhecimento do cérebro e na melhora da fertilidade. A vitamina C é também fundamental para a pele, pois participa da produção do colágeno, principal proteína da cútis.

Chá verde – Estudos recentes têm demonstrado que este chá não só ajuda a emagrecer, mas também está associado ao rejuvenescimento. O chá verde reduz a formação de rugas, além de proteger a pele contra os efeitos deletérios do sol.

Astaxantina – Considerada a substância do momento, a astaxantina é encontrada em alguns frutos-do-mar, além de outras fontes. Vários estudos têm demonstrado sua atividade protetora sobre o sistema cardiovascular, aumentando os níveis do bom colesterol, efeitos positivos sobre o emagrecimento e ação antioxidante na pele.

Linhaça - Alimento completo, rico não só em ômega-3, um componente anti-inflamatório de primeira linha, mas também em substâncias antioxidantes como as lignanas, inclusive com atividade sobre o diabetes e a osteoporose e fibras, que controlam os níveis de colesterol e ajudam a emagrecer.

Magnésio – Elemento extremamente importante para os ossos, para manter o metabolismo normal do açúcar sanguíneo e ainda para manter a pressão sanguínea normal. A maior parte da população apresenta deficiência desse mineral.

Fonte: Karina Ruiz
Graduada em Ciências Farmacêuticas pela PUC-Campinas, com Mestrado em Farmacologia do Processo Inflamatório pela Unicamp. Atua como Consultora Técnica na Área de Farmácia Magistral há mais de nove anos e como Professora Convidada em Cursos de Pós-graduação em Farmácia, Cosmetologia e Anti-Aging, Nutrição, Nutrologia, Nutrafarmacologia e Saúde há mais de oito anos. É Palestrante de Vídeos-aula e Cursos pela Consulfarma – Assessoria Farmacêutica. É autora do livro Nutracêuticos na Prática – Terapias baseadas em Evidências (2012).

No caso do Pediasure, os especialistas recomendam utilizar o produto exatamente como indica no rotulo do produto, usar sempre água e não leite, como já vi alguém usando. E outra dica é utilizar as porções recomendadas, nada de fazer meia dose, por desencardo de consciência.

 

créditos e fonte: http://blogamelias.com.br/alimentos/como-adotar-uma-alimentacao-saudavel-incluindo-os-suplementos-alimentares-a-sua-dieta/